nRPG!

Olá, bem vindo ao nRPGr, comece criando sua conta Smile , e não esqueça de votar em nossos top's ;D.

Descubra o Ninja que há em você!

Últimos assuntos

» Chatroom #1
Sab 24 Jun 2017 - 22:44 por Inuzuka Kai

» Ink Heart para rrpg
Qua 25 Fev 2015 - 6:43 por Saiga

» felinos para rrpg
Qua 25 Fev 2015 - 6:35 por Saiga

» Hijutsus para o novo fórum
Seg 17 Jun 2013 - 2:54 por Inuzuka Kai

» novo forum
Seg 10 Jun 2013 - 9:57 por Sai

» Atualizações
Seg 10 Jun 2013 - 9:56 por Sai

» [Singnature] Fenikkusu no jutsu (reformulação)
Ter 22 Jan 2013 - 23:23 por Inuzuka Kai

» [Ficha]Hyuuga Kagero
Qui 17 Jan 2013 - 22:08 por Uchiha Ryuko

» [Técnicas]Hyuuga Kagero
Qui 17 Jan 2013 - 6:20 por Hyuuga Kagero

Parceiros


    Risveglio Tempesta - O embate Vongola

    Compartilhe

    Admin
    Admin

    Mensagens : 206
    Data de inscrição : 05/07/2012

    Risveglio Tempesta - O embate Vongola

    Mensagem por Admin em Sex 6 Jul 2012 - 20:27

    Vongola Tsunayoshi escreveu:
    Saindo do CT de Ao, que ficara a treinar suas habilidades curativas, Tsuna e Enma seguiram para os arredores da vila da folha.
    Ultrapassaram os grandes portões de madeira detalhados com barras de ferro galvanizado em suas bordas e aquele enerme simbulo do fogo estampado em tintas vermelhas.
    O sol estava a pino, porém a brisa amenizava o terrível calor. A caminhada até as ruínas estava iniciada; o caminho era bem gramado e o esverdiado parecia um enorme pano a balançar-se rasteiro e violento com o soprar do vento, era realmente belo.

    -Aparece-me uma belo dia para se treinar até a exaustão não acha Enma? Haha!- brincou Tsuna. Kozato logo sorriu, seus cabelos vermelhos e macios eram jogados frente a seus olhos cor de chama pelo forte vento, enquanto Enma constantemente se ajeitava afim de não ser encomodado pelos seus cabelos, Tsunayoshi reparava calado como seu irmão havia crescido desde que partira anos atrás, fitava o mais velho com um sorriso orgulhoso.

    Não demoraram muito a descer uma ladeira bastante íngrime, forçavam as pernas para manter-se em pé e não sair rolando; findando a ladeira, estava um riacho, brilhante corria ele, a luz do sol batia nas águas que respingavam a cada batida que davam nas bordas, as gotas brilhavam como cristais a flutuar e logo se desfaziam ao tocar na grama, enxarcando o verde. Atravessaram o riacho, e passaram por uma mata aberta, atrás das árvores fora visto as ruínas, era lá que o treinamento começaria.

    Tsuna olhou para seu irmão; Enma parecia ansioso, mas talvez o mesmo olhar não fosse o mesmo ao final do treino, despertar a Shinu ki no Honoo da Tempestade não seria tão facil, afinal era a segunda chama mais forte dos Vongolas.
    Adentraram as ruínas e pararam frente a um prédio quebrado pela metade, que parecia ser um prédio de telemarket. Tsuna se aproximou de Enma... -Enma, agora seu treinamento para despertar a chama da Tempestade irá começar. A chama do seu anel, é a mais poderosa após a minha. Você irá sofrer para dominar essa chama, literalmente, sofrer.

    Enma, parecia não entender muito bem o sentido preocupado com que Tsuna falou sobre sofrimento, porém continuou a prestar atenção em seu irmão mais velho.
    -Você irá ingerir essa goma, e liberar o seu chakra com a maior força e intensidade possível, o seu chakra vai reagir com a goma, que irá explodir e libertar a chama do anel que se espalhará por todo seu corpo. Irá queimar como o fogo do inferno, você poderá morrer. Agarre-se em tudo que há de mais precioso para você nessa vida, misture seu chakra a chama e domine-a. A chama dos Vongolas é viva, então entenda-a, transforme ela parte de você, e sobreviva. agora so depende de você. Confio em ti irmão.-.

    Vongola Tsuanyoshi instruiu seu irmão, entregou-lhe uma goma de mascar na cor vermelha, Enma deveria comer, e então o pior iria começar.

    Admin
    Admin

    Mensagens : 206
    Data de inscrição : 05/07/2012

    Re: Risveglio Tempesta - O embate Vongola

    Mensagem por Admin em Sex 6 Jul 2012 - 20:27

    Vongola Kozato-Enma escreveu:A caminhada fora deveras longa até chegarem às ruínas, seria alí que Enma se tornaria de fato um Vongola. Olhava para Tsuna e percebia nele um semblante um tanto cauteloso, preocupado; Kozato não sabia ao certo o que se passava, afinal, era só um treino como qualquer outro. Seria bom se o apce do momento chegasse a apenas um 'treino como qualquer outro', mas não seria apenas isto.
    Kozato aproximou-se de seu irmão enquanto observava os arredores, um campo bem desnivelado, com uma grande massa de poeira e cascalhos que tingiam a grama verde em um tom cinzento, vários prédios caídos, com as enormes vigas expostas... Ainda destraído observando, sua atenção se voltou novamente para seu irmão quando o mesmo o dirigiu a palavra.
    -Enma, agora seu treinamento para despertar a chama da Tempestade irá começar. A chama do seu anel, é a mais poderosa após a minha. Você irá sofrer para dominar essa chama, literalmente, sofrer-

    Enma realmente não entendera a profundidade real daquele balbúcio um tanto que entristecido por parte de seu irmão, que logo proceguiu; -Você irá ingerir essa goma, e liberar o seu chakra com a maior força e intensidade possível, o seu chakra vai reagir com a goma, que irá explodir e libertar a chama do anel que se espalhará por todo seu corpo. Irá queimar como o fogo do inferno, você poderá morrer. Agarre-se em tudo que há de mais precioso para você nessa vida, misture seu chakra a chama e domine-a. A chama dos Vongolas é viva, então entenda-a, transforme ela parte de você, e sobreviva. agora so depende de você. Confio em ti irmão

    Enma recebera a goma, parecia até bem gustativa, a quem iria enganar que aquela pequena massa seria capaz de causar tanta dor?
    Não tão certo de que tamanha agonia o acometeria Enma ingeriu a goma e forçou seu chakra ao maximo para fora, a grande massa azul de energia emanava com intensidade fazendo palpitar cada célula de seu corpo, a grama ressoava com a pressão do ar que saía de Enma. O anel palpitou, reagiu; uma chama vermelha se formou e extendeu-se para cima tomando conta de todo o corpo de Enma... Quente... era muito quente...

    O calor logo começou a aumentar e aumentar, Enma não esperava por aquilo, toda aquela chama fora saindo do seu controlo, tudo já começava a perder o sentido, já estava totalmente tomado por uma dor infernal. Kozato já começava a contorcer-se de dor. Com um olhar trêmulo e desacreditado fitava Tsuna como quem gostaria de pedir o mínimo de socorro, entretanto a dor era tanta que as palavras não saíam de sua boca.
    A cada segundo a dor aumentava ainda mais, em sua testa sinalizava uma chama um pouco diferente da que ocupava seu corpo. Ressoava em sua testa com ainda mais força quando enfim, Enma não aguentou tamanha pressão, a dor era simplesmente indescritível, seus sentidos foram esvaídos... A essa altura não sentia mais nada, estava apenas mergulhado em uma infinita escuridão, onde via seu corpo cair sem esperanças...

    Não demorou muito para as imagens de sua infância começarem a passar ao seu redor como em telões de cinema, não é verdade que dizem, quando a morte chega para lhe buscar, sua vida passa frente a seus olhos como num filme? Enma tinha certeza, estava morrendo...
    As lágrimas ja escorriam de seus olhos dentro daquela imensidão negra, os retratos que via já se quebravam lentamente, esvaindo-se no mais puro nada... Até mesmo seu corpo já começara a se desfigurar, se tornando apenas um com o obscuro e tímpero pavor que sondava seu coração ao encarar a mais sombrias das sensações... A de perder a VIDA...

    Tudo se apagou, nada restou, dentro da mente de Kozato nada se passava mais, nem mesmo seu corpo a flutuar no mar negro de desesperança ele via mais. Por fora, a chama já não mais emanava de seu corpo, esvaiu-se. O olhar de Tsuna já estava a mudar, e passaou a caminhar em direção a seu irmão que estirado no chão não esboçava a minima reação, estava gélido.

    Quase sem esperanças Tsunayoshi iria se aproximando do corpo de Enma estirado ao chão, porém os movimentos de Tsuna foram parados por uma pressão fortíssima que rodeava o corpo de Enma.

    Novamente dentro de seu subconsciente, Enma ouve algo... ''Haha, eu sabia que iria sucumbir, fraco...''. Enma de fato ouve a voz, porém já estava por sí a cruzar as fronteiras da vida, havia se entregado a morte de bom grado.
    "O décimo Vongola não o deveria ter entregue essa chama da tempestade, a chama que representa a vida que protege o céu. Foi ingênuo da parte do Décimo confiar cegamente em uma crinça fraca e imatura para proteger sua vida... Seu verme...

    Uma luz balbuciou dentro do coração de Enma em meio ao nada... algumas partes do corpo do jovem por si só tentavam escapar de ser engolido pela inconsciencia e pela escuridão... "Chama que representa a vida que protegue o ceú?... Proteger... o céu...Tsuna..." Aos poucos a mente de Enma fora voltando a seu lugar, mas ainda estava a se encarar dentro de sua mente naquele universo negro dentro de sua cabeça.
    Kozato se via de pé, flutuando em meio ao nada, e a sua frente uma massa uniforme de cor índiga começou a se formar...
    "Resolveu então esboçar aluguma honra, ao menos não se entregando a seu próprio corpo padecido!

    "Quem és? Indagou Enma. olhando fixamente para aquilo que estava a sua frente, não tomava uma forma definida, era apenas uma chama abstrata.
    "Eu sou a chama da tempestade... E eu estou aqui para enviar-te para o inferno, pois você não é digno de proteger a Vongola... Você está a se render ao medo e a dor, e não pensa em seus sonhos e sua ambições, você abandonou tudo, por que é fraco...

    Aquelas palavras penetraram a mente, o corpo, o coração e a alma de Enma. Em meio àquela escuridão os retratos que outrora haviam se esvaido iam novamente tomando forma, enquanto Enma estava de olhos fechados e cabeça baixa. Os retratos iam rodeando o corpo de Enma dentro de sua mente. As imagens de quando era criança e a infância ao lado de seu irmão voltaram a aparecer dentro dele. As imagens dos retatos tomavam forma e logo ele podia ver claramente como se estivesse revivendo cada momento de seu passado, podia ver ele e Tsuna de mãos dadas correndo em meio ao campo de trigo onde viviam quando jovens.

    As emoções daquelas lembraças transbordavam o coração de Enma a cada segundo, lágrimas começaram a cair de seus olhos e a cada pingo que davam abriam um espaço de luz em meio a escuridão... "Eu... Eu... EU NÃO VOU ABANDONAR OS MEUS SONHOS! AHHHHHHHHHHHH!" Enma correu em direção a chama índiga que ainda flutuava em sua frente e mergulhou dentro dela. Chama da tempestade, me dê seu poder, me dê também seus sonhos e eu os farei meu... EU SOU A TEMPESTADE... EU PROTEGUEREI... TUDO!" E então um imenso brilho tomou conta de toda a sua mente, sentiu seu corpo extremesser como nunca havia sentido antes, uma nova chama brotava, não era quente mas sim branda e emanava um enorme poder.
    Quando deu por sí já não estava mais dentro de sua própria mente, mas sim totalmente consciente, frente a seu irmão que estava com os olhos estatelados parecendo não acreditar o que via em sua frente.

    Enma olhou para todo seu corpo e a chama corria ao redor dele como parte de sua própria alma, a Shinu ki no honoo se formara em sua testa e emanava sem cessar... Olhou para suas mãos e luvas negras de um material que ele desconhecia estavam calçadas, toda detalhada, com partes moldadas de aço, era algo incrível...

    Finalmente Enma, Finalmente dominaste a chama da tempestade. Porém não anime-se muito, não havera tempo para descançar, a segunda parte do treino começa quando voltarmos ao nosso CT...

      Tópicos similares

      -

      Data/hora atual: Sab 16 Dez 2017 - 22:39