nRPG!

Olá, bem vindo ao nRPGr, comece criando sua conta Smile , e não esqueça de votar em nossos top's ;D.

Descubra o Ninja que há em você!

Últimos assuntos

» Chatroom #1
Sab 24 Jun 2017 - 22:44 por Inuzuka Kai

» Ink Heart para rrpg
Qua 25 Fev 2015 - 6:43 por Saiga

» felinos para rrpg
Qua 25 Fev 2015 - 6:35 por Saiga

» Hijutsus para o novo fórum
Seg 17 Jun 2013 - 2:54 por Inuzuka Kai

» novo forum
Seg 10 Jun 2013 - 9:57 por Sai

» Atualizações
Seg 10 Jun 2013 - 9:56 por Sai

» [Singnature] Fenikkusu no jutsu (reformulação)
Ter 22 Jan 2013 - 23:23 por Inuzuka Kai

» [Ficha]Hyuuga Kagero
Qui 17 Jan 2013 - 22:08 por Uchiha Ryuko

» [Técnicas]Hyuuga Kagero
Qui 17 Jan 2013 - 6:20 por Hyuuga Kagero

Parceiros


    A Kaguya...

    Compartilhe

    Convidad
    Convidado

    A Kaguya...

    Mensagem por Convidad em Sex 6 Jul 2012 - 0:20

    Akira escreveu:- Minha filha!... - disse com a voz enérgica, procurando dominar a emoção - será possível que os olhos me enganem?
    Akira abraçou-o afetuosamente, dirigindo-se ambos para o interior da casa.
    Seu pai sentou-se e, buscando penetrar o íntimo da filha, com o olhar percuciente interrogou em tom de censura:
    - Será que está mesmo curada?
    Para a genin, a pergunta era mais um golpe desferido na sua sensibilidade afetiva. Sentia-se cansada, derrotada, desiludida: necessitava de alento para recomeçar a existência num idealismo maior e até o pai a reprovava com perguntas absurdas! Ansiosa de compreensão, retrucou de maneira comovedora:
    - Pai, eu nunca estive doente... Foi só um machucadinho.
    Conhecendo a austeridade paterna e a extensão das próprias necessidades naquela hora difícil dos eu caminho, o ex-doutor de Konohagakure humilhou-se inteiramente, pondo na voz toda a fadiga que se lhe represava no coração.
    - Não estava doente? Então significa que mentiu para receber atenção, Akira? Os filhos podem ser ingratos e conseguem esquecer, mas os pais, se nunca os retiram do pensamento, sabem sentir melhor a crueldade do seu proceder... Não te doeria ver-nos vencidos e humilhados com a vergonha que lançaste sobre nossa casa?Ralada de desgostos, tua mãe encontrou lenitivo na morte; mas, eu?Acredita insensível à sua deserção? Se resisti, foi por que guardava a esperança de buscar sua irmã perdida, suponho que tudo não passasse de um mal-entendido, que uma perturbação mental houvesse atirado contigo na incompreensão e nas críticas injustificáveis do mundo!



    Mais tarde continuo

      Data/hora atual: Sab 18 Nov 2017 - 16:02